O Deus trinitário está presente antes da chegada do missionário

Walter Sass

Resumo


O texto é resultado de uma reflexão sobre o diálogo inter-religioso a partir de uma convivência de muitos anos com os povos indígenas Deni e Kulina no Amazonas. Um diálogo inter-religioso tem que levar a sério o Deus trinitário presente antes da chegada dos missionários. Três formas de diálogo inter-religioso – o exclusivismo, o inclusivismo e o pluralismo – não satisfazem plenamente, considerando o respeito pelo outro e a própria fé. A mensagem de um Jesus universal preexistente tem a função hermenêutica de afirmar a cada religião a sua própria verdade, considerando a ambivalência de cada religião e sua abertura para experiências transculturais, livrando-nos de um absolutismo trivialmente entendido que se fecha frente a uma solidariedade universal da humanidade e a um respeito pelo outro.

Palavras-chave


Trindade; MIssões; Cristianismo e outras religiões

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22351/et.v44i2.556

Direitos autorais



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 ISSN 0101-3130 (impresso) ISSN 2237-6461 (eletrônico)


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400