Desafios contemporâneos para a Teologia Negra no Brasil

Ezequiel de Souza

Resumo


A teologia negra surgiu no século XX, resgatando a experiência das comunidades negras com a divindade. Seguindo o preceito de Paulo Freire de que era preciso dizer a própria palavra, teólogos negros assumiram a necessidade de falar a partir de sua etnia, a partir da denúncia das estruturas racistas da igreja e da sociedade e do anúncio da experiência negra como critério para o fazer teológico. A vitalidade das comunidades negras encontrou um espaço fecundo na reflexão teológica negra, lugar de encontro do conhecimento comunitário com o acadêmico.Para se compreender a teologia negra no Brasil, faz-se necessário resgatar o quadro social que serve de pano de fundo para a formulação dessa reflexão. Conhecer a história e as desventuras do povo negro é imperioso para identificar continuidades e descontinuidades de políticas de caráter racista que têm sido desenvolvidas no Brasil.


Palavras-chave


Teologia negra; pensamento afro-brasileiro

Texto completo:

PDF (Português)


DOI: http://dx.doi.org/10.22351/nepp.v34i0.1607

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Direitos autorais

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 ISSN 1678-6408


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400