Identidades étnicas e práticas religiosas: repensando algumas abordagens científicas

Nara Maria Emanuelli Magalhães

Resumo


O trabalho apresenta alguns resultados de uma pesquisa antropológica que desenvolvo sobre práticas religiosas de cidadãos negros de Porto Alegre, os quais são frequentadores de uma Igreja Evangélica. Traço algumas trajetórias desses cidadãos, construídas a partir de suas narrativas e de um diálogo construído sobre sua história de vida, suas crenças e práticas religiosas. A motivação para investigar o tema veio da constatação da inexistência de abordagens que relacionassem pertencimento étnico e práticas religiosas, em geral atribuindo ao cidadão negro a predominância de pertencimento a religiões afro-brasileiras. Mas no século XXI, podemos continuar afirmando que as chamadas religiões afro-brasileiras são os símbolos exclusivos da identidade negra, ou há variadas práticas religiosas às quais as pessoas recorrem para se autodefinir? São algumas das questões para as quais pretendemos contribuir, de modo a refletir sobre as construções científicas a respeito das identidades étnicas e práticas religiosas na América Latina.

Palavras-chave


Religião; Negro; Quilombolas; Práticas religiosas

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22351/nepp.v26i0.229


Direitos autorais

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 ISSN 1678-6408


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400