Por um mundo sem fronteiras: uma leitura em Jonas

Silas Klein Cardoso

Resumo


Em um mundo que tem recriado seus muros físicos e ideológicos, cabe uma reflexão bíblica que pense a criação de um método teológico plural. Esse é nosso objetivo no presente ensaio: a partir da leitura do livro de Jonas, trazer uma hermenêutica que combata a ênfase ao exclusivismo e ortodoxismo contemporâneo. Usamos, para isso, os conceitos trazidos pelo antropólogo Pierre Clastres em seu ensaio “Arqueologia da Violência” e a análise da composição dos personagens na novela bíblica.


Palavras-chave


Jonas; Profecia; Violência; Pluralismo; Dualismo

Texto completo:

PDF (Português)


DOI: http://dx.doi.org/10.22351/nepp.v34i0.2295

Direitos autorais

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 ISSN 1678-6408


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400