Reflexões entre o Eclesiastes e Schopenhauer sobre a morte: os problemas do mundo e o receio da morte.

Alvaro Martins Santos Júnior

Resumo


O presente artigo, diz respeito a uma proposta reflexiva sobre os posicionamentos do filósofo Schopenhauer e do sábio escritor do livro bíblico do Eclesiastes, denominado Qoheleth, tendo como foco a morte. Serão abordados, pontos tocados pelos dois autores sobre a morte em conexão, desenvolvendo o tema. Inicialmente serão abordadas as perspectivas dos autores sobre os problemas do mundo e a morte, depois sobre o dilema do receio gerado pela morte. Ficará clara a importância do pensar sobre a morte como um elemento central no diálogo teológico com a metafísica e com a ética filosóficas, a partir da linguagem antiga de sabedoria.

Palavras-chave


Morte, Shopenhauer, Eclesiastes, Qoheleth

Texto completo:

PDF (Português)


DOI: http://dx.doi.org/10.22351/nepp.v36i0.2338

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Direitos autorais

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 ISSN 1678-6408


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400