Igrejas ou empresas? Uma breve reflexão sobre o sofrimento causado a pastores quando igrejas são tratadas como empresas

João Rainer Buhr

Resumo


Atualmente parece comum que igrejas sejam conduzidas como empresas. Cada vez mais ferramentas utilizadas em companhias têm sido aplicadas para administrar igrejas e produzir crescimento. Parece que o modelo empresarial tem influenciado o corpo de Cristo. No entanto, quando isso acontece é muito provável que estes modelos tragam sofrimentos aos pastores. A proposta do artigo é mostrar que pastores podem sofrer graves conseqüências sempre que igrejas são tratadas como empresas.  Serão analisados alguns efeitos maléficos que atingirão os pastores que trabalham em igrejas administradas como empresas.

Palavras-chave


igrejas, empresas, sofrimento dos pastores

Texto completo:

PDF (Português)


DOI: http://dx.doi.org/10.22351/nepp.v40i0.2557

Direitos autorais

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 ISSN 1678-6408


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400