A vingança do Sinédrio e o perdão de Estevão: um estudo de caso do discipulado de Jesus

Leonardo Canali Kayser

Resumo


Nossa proposta para neste artigo é analisar o enfoque do autor de Atos ao perdão dispensado pelo proto-mártir Estevão no contexto do seu testemunho e seguimento de Cristo na história de seu martírio em At 7. Neste relato, segundo propomos, o autor coloca Estevão em paralelo com Jesus em sua morte, apresentando-o um discípulo até o fim e até o perdão dos próprios assassinos. Sendo assim, Estevão é mais do que um crente nos ensinamentos de Jesus, ele é seu verdadeiro seguidor e testemunha. A difusão da Boa Nova entre os povos perpassava, não só a cadeia de ensinos orais de Jesus que, mais tarde, iriam perfazer um corpo doutrinário, mas também o anúncio através das boas obras entre as quais estava o perdão, um verdadeiro nó para a nossa compreensão da justiça divina.


Palavras-chave


julgamento de Estevão; perdão; discipulado.

Texto completo:

PDF (Português)


DOI: http://dx.doi.org/10.22351/nepp.v41i0.2568

Direitos autorais 2016 Protestantismo em Revista

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 ISSN 1678-6408


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400