A inclusão do aluno surdo no ensino regular

Maria Rita Paula da Silva, Terezinha de Jesus Martins de Sena

Resumo


Este artigo tem como objetivo compreender como ocorre a inclusão do aluno surdo nas salas de aula do ensino regular. Buscou-se refletir sobre o desenvolvimento do processo ensino aprendizagem, a existência e aplicabilidade do currículo e estrutura física da escola: também a adaptação para a inclusão de alunos com necessidades especiais e a valorização da diversidade dos sujeitos no contexto escolar. A pesquisa foi realizada em uma escola da rede estadual de, tendo como sujeito de estudo 40 alunos ouvintes, 10 surdos, 5 professores que atuam no segmento de 1ª a 4ª série e 2 técnicos. Quanto aos alunos surdos percebeu-se que por serem usuários de outra língua perderam uma serie de informações e tem acesso aos conteúdos apenas pela mediação do professor de assessoramento, que assume a responsabilidade do processo ensino aprendizagem. Outro aspecto apontado tanto por professores, alunos surdos e alunos ouvintes, é que o entrave para o sucesso da inclusão na escola é a dificuldade de socialização provocada pela falta de comunicação visto que os alunos ouvintes e professores desconhecem a Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS.

Texto completo:

PDF (Português)


DOI: http://dx.doi.org/10.22351/nepp.v37i0.2647


Direitos autorais

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 ISSN 1678-6408


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400