Teologias da libertação e interculturalidade: aproximações e avaliação crítica

Roberto Ervino Zwetsch

Resumo


Desde os anos de 1990, houve uma ampliação na abordagem das culturas por parte da Teologia da Libertação na América Latina. Não por acaso, se assume o plural nessa forma de fazer teologia tanto na América Latina e Caribe quanto em outros lugares. A filosofia intercultural já há mais tempo vinha desenvolvendo pesquisas que apontam para os desafios que as culturas colocam para a sociedade contemporânea a partir de diferentes contextos e novas realidades sociopolíticas e culturais. No campo da reflexão teológica, porém, a elaboração de uma teologia intercultural recém começa a ser formulada. A partir da publicação de trabalhos apresentados no Primeiro Encontro Latino-Americano de Teologias da Libertação e Interculturalidade, realizado na cidade de San José de Costa Rica, em 2010, este artigo pretende demonstrar sumariamente a pertinência dessas aproximações teóricas e adiantar uma primeira avaliação crítica.

Palavras-chave


Teologias da libertação; Interculturalidade; Avaliação crítica

Texto completo:

PDF (Português)


DOI: http://dx.doi.org/10.22351/nepp.v30i0.748

Direitos autorais

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 ISSN 1678-6408


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400